• OE. Bergamota

OE. Bergamota

A bergamota é uma fruta muito parecida com a tangerina (são praticamente idênticas quanto ao aroma), com o formato que lembra uma pera. Outra diferença entre a tangerina e a bergamota é o seu sabor – o da bergamota é mais amargo. Elas são frequentemente confundidas e em algumas áreas do país a tangerina também é chamada de bergamota.

Além disso, a bergamota possui uma casca “especial”, de onde pode ser extraído um poderoso óleo essencial, que entre variados usos, pode ser utilizado na aromaterapia e na indústria de perfumes – por ser cítrico e “quente”.

Se você sofre de ansiedade, uma boa ideia é pingar algumas gotas de óleo essencial de bergamota em um lenço e levar na bolsa, para acompanha-lo no seu dia-a-dia. Já se o seu problema é a insônia ou agitação demais na hora de dormir, pingar algumas gotas de óleo essencial de bergamota com algumas gotas de óleo essencial de gerânio no travesseiro, antes de deitar, pode ajudar bastante.

Dicas de uso

Tratamentos com o óleo essencial de bergamota também trazem benefícios e propriedadescontra: depressão, oscilações de humor, agitação, transtorno bipolar e síndrome do pânico.

  • Inalações (com outros óleos essenciais ou não).
  • Massagens aromáticas, já que os óleos essenciais podem ser misturados a alguns óleos de massagem, combinando propriedades e o poder da própria massagem.
  • Banhos aromáticos, que são bastante eficazes em casos de lesões, dores musculares, irritações na pele, problemas de circulação, fadiga, insônia e tensões do dia-a-dia.
  • Compressas aromáticas, que são eficazes em casos de lesões antigas, dores musculares, dores menstruais, dores de ouvido, quistos, problemas de pele (compressas quentes), entorses recentes, inflamações, contusões, inchaços, dores de cabeça, queimaduras e febres (compressas frias).
  • Em desodorantes e purificadores de ar, fazendo com que muitas propriedades atuem já no ar que você respira.
  • Perfumes e colônias, mas estes casos são mais indicados para aqueles que já trabalham com isso.

Como usar?

  • É antisséptico das vias urinárias, combatendo e tratando cistites.
  • É antisséptico e cicatrizante de problemas de pele, como acnes, feridas, queimaduras, alergias, aftas e picadas de variados insetos.
  • Atua como calmante e antidepressivo, combatendo e tratando ansiedade, tensão, nervosismo e insônias.
  • Trata febres.
  • Ajuda a controlar a oleosidade da pele e, consequentemente, o aparecimento de acnes.
  • É um bom repelente de insetos.
  • Trata problemas de vermes.

Propriedades e benefícios do óleo de bergamota

Além disso, a bergamota possui uma casca “especial”, de onde pode ser extraído um poderoso óleo essencial, que entre variados usos, pode ser utilizado na aromaterapia e na indústria de perfumes – por ser cítrico e “quente”.

A bergamota é uma fruta muito parecida com a tangerina (são praticamente idênticas quanto ao aroma), com o formato que lembra uma pera. Outra diferença entre a tangerina e a bergamota é o seu sabor – o da bergamota é mais amargo. Elas são frequentemente confundidas e em algumas áreas do país a tangerina também é chamada de bergamota.

Se você busca melhorar e aumentar a concentração no trabalho, use o óleo essencial de bergamota com o óleo de menta e laranja amarga. Uma boa dica é colocar no aromatizador elétrico.



OE. Bergamota

  • Modelo: berga
  • Disponibilidade: 1000
  • R$44,00


Opções disponíveis